logo BioWash_perfil.jpg

Lixo orgânico: como o consumo e desperdício afeta o meio ambiente?

Você sabe o que significa lixo orgânico? Esse termo se refere a todo lixo de origem vegetal e animal. Os exemplos são os restos de carnes, legumes, verduras e frutos jogados fora na casa de toda pessoa.



Nesse texto você vai conhecer mais sobre as proporções desse problema no nosso país e ainda entender sobre a importância de se fazer a reciclagem. Acompanhe!


A história da produção de alimentos no Brasil.

O desperdício de comida no Brasil é a ponta do iceberg de um problema muito maior. Ele está relacionado à divisão territorial e a forma de produção e consumo do mundo moderno.


Desde o período colonial brasileiro, a distribuição de terras foi realizada de forma desigual, sempre privilegiando as pessoas de maior classe social. Desde então sempre esteve em jogo o interesse de quem detêm o poder. Isso deu origem à concentração de grandes parcelas do território na mão de poucas pessoas. Esse grande pedaço de terra de apenas um proprietário é chamado latifúndio.


Atualmente grandes investimentos estão sendo feitos para estender o domínio dos latifundiários para o norte do país, em direção à floresta amazônica. Na realidade a exportação do agronegócio foi a maior responsável pelo desmatamento da Amazônia. Eles devastam a floresta principalmente para cultivar soja e criar gado.


Poucos com muito e muitos com pouco

O Brasil está entre os dez países que mais desperdiçam comida no mundo. Ele joga fora mais de 41 mil toneladas de alimentos por ano, o que é um dado alarmante! São produzidos alimentos em escala global por aqui, porém ainda tem gente passando fome e desperdiça-se muita comida.


O cenário mundial infelizmente segue pelo mesmo caminho. Uma pesquisa feita pela Organização das Nações Unidas mostrou que uma em cada nove pessoas não possui acesso suficiente à comida para ser considerada uma pessoa sadia. Mais pessoas morrem de fome todos os dias do que de HIV, malária e tuberculose juntas.


Essa é uma das grandes contradições do mundo moderno. A produção de alimentos não está focada em suprir as necessidades básicas da população, ela está preocupada em nutrir os interesses do agronegócio.


O agronegócio e a produção industrial

Agora podemos imaginar que a origem do lixo orgânico vai muito além do desperdício na sua casa. Ela está relacionada com o contexto do mundo em que vivemos.


O acúmulo de lixo gerado pela produção industrial gera um impacto catastrófico na natureza. A poluição dos oceanos e da água doce compromete a biodiversidade aquática, e também o futuro das próximas gerações.


Um dos vilões nesse cenário é a agricultura moderna, que utiliza fertilizantes químicos e pesticidas para controlar pragas. Isso aumenta muito a produtividade, mas faz mal para a saúde na mesma proporção e degrada o meio ambiente. É aí que surgem as agriculturas de base ecológica como alternativa.